Rss Youtube Facebook Twitter Instagram LinkedIn
Blog AndersonBrandao.com.br

terça-feira, 13 de março de 2018

Prepare-se para o verão – Ainda dá tempo!

O verão está indo embora e você ainda não atingiu a velha meta de enxugar uns quilinhos ao longo do ano? Calma, saiba que ainda dá tempo de reajustar os seus hábitos e melhorar o shape para o verão sem a necessidade de dietas malucas e rotinas desumanas de exercícios.

Nesse post, reuni os principais fundamentos da Metodologia Anderson Brandão de Emagrecimento que já ajudaram mais de 300 clientes a conquistarem resultados positivos.

1Fique mais ativo
O seu dia tem 24 horas e durante cerca de 8 horas você está (ou deveria estar) dormindo.  E como são as outras 16 horas? Se você passa mais da metade dessas horas sentado, sinto informar que você está sedentário. Nesse cenário, mesmo que você faça 1 hora de atividade física por dia, os malefícios acumulados do sedentarismo não são combatidos com apenas 1 hora de atividade física. A recomendação é movimentar-se mais: troque o elevador pela escada, fique mais tempo em pé, ande mais. O movimento do corpo gasta mais energia, aciona a musculatura, drena as toxinas e ainda estimula o cérebro.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Exagerou no Carnaval? Levanta, sacode a poeira e volte à rotina

Teoricamente o carnaval acaba hoje, quarta-feira de cinzas,  dia de voltar à rotina e reverter os danos causados pela folia no feriadão. Afinal, foram dias de alimentação descoordenada, consumo de bebida alcóolica, longos períodos nos blocos/festas e poucas horas de sono.

Sabia que para engordar de verdade, ou seja ganhar 0,5kg de gordura, é necessário consumir aproximadamente 3850 kcal no dia? Portanto, não se assuste se você subir na balança e ela mostrar gramas ou quilos a mais. Isto pode ser causado por vários motivos.

Os excessos cometidos nos dias de folia provocam um desequilíbrio no organismo, colocado diariamente sob fortes situações de estresse, resultando em desidratação, cansaço, retenção de líquidos (inchaço) e um possível ganho de peso.  A solução é acabar com os meios propícios para o ganho de peso, como por exemplo, o consumo excessivo de junk food, um tipo de comida que cria um sobe e desce nos níveis de insulina, aumenta a compulsão alimentar e o acúmulo de gordura. Esse processo é revertido pelo simples retorno à rotina saudável de dieta, exercícios e descanso.

Para te ajudar a voltar para o ritmo e combater os excessos cometidos no carnaval, separamos 4 dicas infalíveis:

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Horário das refeições pode influenciar na perda de peso

Um novo estudo do Brigham and Womens Hospital (BWH), localizado em Boston, em parceria com a Universidade de Múrcia (Espanha) e Universidade de Tufts (EUA), revelou que quando estamos seguindo uma dieta não devemos nos preocupar apenas com o que comemos, mas também quando realizamos as refeições.

A maioria dos programas de emagrecimento foca em um equilíbrio entre a ingestão calórica e o gasto energético, porém a nova pesquisa mostrou que a hora em que se come é o que realmente influencia. Os pesquisadores acompanharam 420 participantes com excesso de peso que seguiram um programa de 20 semanas na Espanha.

Os participantes foram divididos em dois grupos. O primeiro grupo almoçava antes das 15h, e o outro, após esse horário. Todos seguiram uma dieta de estilo mediterrâneo, composta por proteínas magras, frutas, vegetais e gorduras saudáveis, como azeite de oliva. Durante as primeiras semanas do estudo, todos os participantes emagreceram basicamente na mesma taxa.

A partir de cinco semanas, a perda de peso dos comedores tardios diminuiu e permaneceu menor. No final do estudo, os tardios tinham perdido 22% quilos a menos do que os participantes que comeram no início do dia, além de ter menor sensibilidade à insulina, fator de risco para o diabetes.


Fonte: Portal da Educação Física

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

10 Mitos nutricionais que você precisa saber
























Mito 1: Beber suco de frutas e vegetais e tão saudável quanto comê-los.
Na verdade, beber suco de frutas/vegetais ao invés de comê-los aumenta o risco de diabetes porque o suco não contém muitas fibras e possui muito açúcar que se acumula no sangue. Com o tempo, isso pode alterar a resistência insulínica.

Mito 2: Vitaminas fornecem energia para o corpo.
As vitaminas são muito importantes para o corpo pois permitem a produção de enzimas envolvidas no metabolismo energético, porém, elas não fornecem energia diretamente.

Mito 3: Laticínios integrais não são saudáveis e tem ligação com a obesidade.
Pesquisas atuais demonstraram que laticínios com pouca gordura não possuem os mesmos benefícios que os laticínios integrais, como por exemplo, baixar os triglicerídeos, diminuir o consumo calórico e melhorar a sensibilidade à insulina. Além disso, as pessoas que consomem laticínios integrais tendem a ser mais magras do que as que consomem as versões desnatadas.

Mito 4: Dietas com pouco carboidrato são perigosas.
O mito de que dietas com pouco carboidrato prejudica os rins, os ossos e o cérebro não é verdadeiro. Quando realizadas corretamente, com um acompanhamento de um profissional nutricionista, essas dietas são seguras e podem ser usadas para melhorar a composição corporal e alcançar uma melhor saúde metabólica.

Feed