Rss Youtube Facebook Twitter Instagram LinkedIn
Blog AndersonBrandao.com.br

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Faço o mesmo exercício que o meu amigo, mas não tenho resultado. Por quê?

Se você está fazendo exercício físico deveria ter resultado, correto? Depende. São vários os fatores relevantes aqui. Depende do tipo de exercício, da intensidade e, principalmente, de quem esta fazendo a atividade física. Ou seja, o exercício não está funcionando porque ele foi prescrito para outra pessoa, com outro estilo de vida, outro biotipo e com uma genética diferente, por exemplo.

É preciso considerar também que existem organismos resistentes ao exercício. Isso mesmo! O corpo de algumas pessoas não consegue obter os benefícios do exercício físico tão facilmente quanto o de outras.

Ainda neste ano, pesquisadores da Kanazawa University publicaram na revista Nature Medicine um artigo relatando uma situação de resistência ao exercício ligada a alta concentração de selenoproteina P1. Em 2010, este mesmo grupo já havia identificado uma elevada concentração desta proteína em pacientes com diabetes tipo 2, com excesso de gordura no fígado e em idosos. No estudo recente, os pesquisadores observaram que a alta concentração da selenoproteina P1 aumenta a resistência à insulina e diminui a atividade de outra proteína, a AMPK, que tem relação com os vários efeitos positivos dos exercícios.
Caso você seja diabético tipo 2, tenha gordura no fígado ou seja idoso, talvez o exercício não esteja funcionando porque você possui uma alta concentração da selenoproteina P1.  Se este não é o caso, você provavelmente não está praticando a melhor atividade física e da melhor forma para o seu corpo.

Quer resultado? Ao invés de seguir o treino de um amigo, confie na orientação de um profissional de Educação Física para que o exercício seja prescrito exclusivamente para você. Afinal, nesta área, não existe receita bolo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feed